Revision history for NodeupHard


Revision [696]

Last edited on 2009-03-10 11:15:34 by LeoMarques
Additions:
======__Configurando um nó para o mosix manualmente__ DESATUALIZADO, ESQUEÇAM MOMENTANEAMENTE======
Deletions:
======__Configurando um nó para o mosix manualmente__======


Revision [317]

Edited on 2008-10-23 17:30:43 by LeoMarques
Additions:
======__Configurando um nó para o mosix manualmente__======
Deletions:
======Configurando um nó para o mosix manualmente======


Revision [316]

Edited on 2008-10-23 17:19:48 by LeoMarques
Additions:
======Configurando um nó para o mosix manualmente======
Deletions:
======Configurando um nó para o mosix manualmente====== - **EM CONSTRUÇÃO!**


Revision [315]

Edited on 2008-10-23 17:17:29 by LeoMarques
Additions:
Se a resposta não for "Up" para tudo, então há algo errado no reino da dinamarca, refaça os passos e leia os logs.
Outro parâmetro, é ver se o comando "mon" está mostrando corretamente os nós e variação de processamento deles.
Bom, finalmente acabou! UFA!


Revision [314]

Edited on 2008-10-23 17:16:14 by LeoMarques
Additions:
1) Finalizando.
====Finalizando====
Bom, se você fez todos os passos corretamente, agora é a hora do reboot. Certifique-se que o sistema irá bootar com o kernel que nós provemos a você.
Para verificar se está tudo ok, após o boot, execute:
%%[root@lcc26 ~]# /etc/init.d/mosix status
This MOSIX node is: 10.0.0.126 (lcc26) (no features)
Nodes in cluster:
lcc15: proximate
lcc16: proximate
lcc17: proximate
lcc18: proximate
lcc19: proximate
lcc20: proximate
lcc23: proximate
lcc24: proximate
lcc25: proximate
lcc26: proximate
Status: Running Normally
Load: 0
Speed: 9313 units
CPUS: 1
Frozen: 0
Util: 100%
Avail: YES
Procs: Running 0 MOSIX processes
Accept: Yes, will welcome processes from here
Memory: Available 1.92GB/1.97GB
Swap: Available 3.8GB/3.8GB
Daemons:
Master Daemon: Up
MOSIX Daemon : Up
Queue Manager: Up
Remote Daemon: Up
Guest processes from grid: 0/10%%
Deletions:
1) Referências


Revision [313]

Edited on 2008-10-23 17:12:02 by LeoMarques
Additions:
10.0.0.126 1 p%%
Deletions:
10.0.0.126 1 p


Revision [312]

Edited on 2008-10-23 17:11:31 by LeoMarques

No Differences

Revision [311]

Edited on 2008-10-23 17:10:34 by LeoMarques
Additions:
Agora pegue os arquivos de configuração padrão gerado por nós: http://ivete.fis.unb.br/mosix/mosixetc.tar e salve no /etc. Lá, descompacte o pacote, e apague o .tar. Entre no novo /etc/mosix/ .
Agora vem a parte chata, para o mosix encontrar os outros e deixar que os outros nós acessem o nó que estamos instalando, ele precisa de um arquivo especial chamado mosix.map, nele deverá conter uma lista de todos os outros nós e inclusive o nosso, no tar que você baixou anteriormente, como os arquivos de configuração padrão, já possui a lista mais atualizada possível de nós, logo, você deverá incluir seu nó nessa lista, e acessar todos os outros nós e incluir o seu nó em todas as outras máquinas.
Nós poderíamos automatizar isso de duas maneiras, 1 criando um servidor nfs /etc/mosix, mas isso é complicado, pois se o nfs sair do ar, o cluster cairá junto, a outra opção é colocar no crontab para que seja atualizado o mosix.map com uma certa frequência, provavelmente será a solução escolhida. Mas ainda não é assim.
Outro arquivo que deverá ser atualizado, com a mesma frequência do mosix.map é o userview.map, que faz a lista dos nós para comandos como o mon.
Segue exemplos dos arquivos.
/etc/mosix/mosix.map
%%[leonardo@lcc26 mosix]$ cat mosix.map
10.0.0.115 1 p
10.0.0.116 1 p
10.0.0.117 1 p
10.0.0.118 1 p
10.0.0.119 1 p
10.0.0.120 1 p
10.0.0.123 1 p
10.0.0.124 1 p
10.0.0.125 1 p
10.0.0.126 1 p
A primeira coluca é o IP do nó, a segunda a quantidade de processadores do nó e a terceira não sei (ainda).
/etc/mosix/userview.map
%%[leonardo@lcc26 mosix]$ cat userview.map
1 10.0.0.115 1
2 10.0.0.116 1
3 10.0.0.117 1
4 10.0.0.118 1
5 10.0.0.119 1
6 10.0.0.120 1
7 10.0.0.123 1
8 10.0.0.124 1
9 10.0.0.125 1
10 10.0.0.126 1%%
A priemeira coluna é o número do nó, a segunda o ip e a terceira o número de processadores que o nó possui.
Deletions:
Agora pegue os arquivos de configuração padrão gerado por nós: http://ivete.fis.unb.br/mosix/mosixetc.tar e salve no /etc. Lá, descompacte o pacote, e apague o .tar.
Entre no novo /etc/mosix/ .


Revision [310]

Edited on 2008-10-23 17:01:20 by LeoMarques
Additions:
====Configurar o mosix====
Essa é a parte chata. heheh
Primera coisa, remova o diretoório que foi criado na instalação do mosix: /etc/mosix , isso mesmo, rm -rf nele!
Agora pegue os arquivos de configuração padrão gerado por nós: http://ivete.fis.unb.br/mosix/mosixetc.tar e salve no /etc. Lá, descompacte o pacote, e apague o .tar.
Entre no novo /etc/mosix/ .
O primeiro arquivo a ser alterado é o /etc/mosix/mosip , nele simplesmente deverá conter o ip do nó e nada mais.
Exemplo para o nó 26:
%%[leonardo@lcc26 ~]$ cat /etc/mosix/mosip
10.0.0.126%%


Revision [309]

Edited on 2008-10-23 16:54:52 by LeoMarques
Additions:
Pergunta 1:
Pergunta 2:
%%Please choose how to prepare the kernel:
1. Fetch the Linux kernel (2.6.20.4) sources from the internet.
2. The Linux kernel (2.6.20.4) sources are already on my disk.
3. I already installed the kernel, or will install it separately.
Option [1]:%%
Resposta: 3 <ENTER>
Pergunta 3:
%%In which run-level(s) should MOSIX run (0=none) [2345] ?- %%
Resposta: <ENTER>
Pergunta 4:
%%Create a minimal configuration now [Y/n]?%%
Resposta: n
Deletions:
Pergunta:


Revision [308]

Edited on 2008-10-23 16:51:48 by LeoMarques
Additions:
- Os dados de partição e disco você deve ver. já que cada máquina possui um. É só colar de uma entrada já feita pelo sistema que esteja bootando ok. tbz
===Instalar o mosix===
No dir do cluster_packX, existe um pacote chamado mosix-2.19.0.4.tbz , não se apavore com .tbz, é simplemente um .tar.bz2 (bzip2) .
Descompacte-o e entre no novo diretório criado.
No diretório do mosix, execute:
%%./mosix.install%%
Ele executará um instalador em modo texto, que fará alguma perguntas, eis as repostas:
Pergunta:
%%Installing MOSIX:
=================
If you are installing MOSIX for a set of nodes with
a common root, then type the common root directory -
if you are installing only the local node, press <ENTER> :- %%
Resposta: Simplesmente pressione <ENTER>
Deletions:
- Os dados de partição e disco você deve ver. já que cada máquina possui um. É só colar de uma entrada já feita pelo sistema que esteja bootando ok.


Revision [307]

Edited on 2008-10-23 16:43:45 by LeoMarques
Additions:
===Configurar o boot===
Configure a nova imagem para ser bootada através do drakconf, eu sei que é tosco usar essas ferramentas gráficas, mas no mandriva estava ocorrendo quando eu estava fazendo as configs manualmente, logo melhor não arriscar.
---OBS COLOCAR FOTO AQUI COM OS PARAMETROS DO MANDRIVA---
Dados:
- Imagem: /boot/kernel-mosix1
- Initrd: mosix1.img
- Os dados de partição e disco você deve ver. já que cada máquina possui um. É só colar de uma entrada já feita pelo sistema que esteja bootando ok.


Revision [306]

Edited on 2008-10-23 16:38:33 by LeoMarques
Additions:
Volte para o diretório do cluster_packX, e descompacte o pacote contendo a imagem e os módulos do kernel, o arquivo chamado kernel-mosixX.tar .
Será descompactado um novo diretório, como kernel_mosix, entre nele.
Agora vamos ao que interessa, temos que mover a imagem, a initrd e .map para dentro do /boot/ , você pode faze-lo assim:
%%cp -rfv kernel-mosix1 mosix1.img System.map-2.6.20.4 /boot/%%
Agora temos de copiar os módulos para o devido lugar, /lib/modules/ , proceda assim:
%%cp -rfv 2.6.20.4mosix1 /lib/modules/%%
Deletions:
Volte para o diretório do cluster_packX, e descompacte o pacote contendo a imagem e os módulos do kernel, o arquivo chamado kernel-mosixX.tar . S
Será descompactado um novo diretório, como kernel_mosix, entre nele.
Agora vamos ao que interessa, temos que mover a imagem, a initrd e .map para dentro do /boot/ , você pode faze-lo assim:
%%cp -rfv kernel-mosix1 mosix1.img System.map-2.6.20.4 /boot/%%
Agora temos de copiar os módulos para o devido lugar, /lib/modules/ , proceda assim:
%%cp -rfv 2.6.20.4mosix1 /lib/modules/%%


Revision [305]

Edited on 2008-10-23 16:37:55 by LeoMarques
Additions:
%% rpm -ivh daemon-0.6.3-1.i386.rpm %%
%% make && make install %%
Deletions:
%% rpm -ivh daemon-0.6.3-1.i386.rpm %%
%% make && make install %%


Revision [304]

Edited on 2008-10-23 16:37:31 by LeoMarques
Additions:
%%cp -rfv kernel-mosix1 mosix1.img System.map-2.6.20.4 /boot/%%
Agora temos de copiar os módulos para o devido lugar, /lib/modules/ , proceda assim:
%%cp -rfv 2.6.20.4mosix1 /lib/modules/%%
Deletions:
%%cp -rfv kernel-mosix1 mosix1.img System.map-2.6.20.4 /boot/%%


Revision [303]

Edited on 2008-10-23 16:35:57 by LeoMarques
Additions:
Agora vamos instalar o killproc, descompacte o killproc e entre no novo diretório gerado. Como essa dependência é um source, necessita de ser compilado, logo você precisará de dependências básicas como gcc e make, se der problema na hora de compilar, leia o erro e instale a depêndencia que está faltando.
Volte para o diretório do cluster_packX, e descompacte o pacote contendo a imagem e os módulos do kernel, o arquivo chamado kernel-mosixX.tar . S
Será descompactado um novo diretório, como kernel_mosix, entre nele.
Agora vamos ao que interessa, temos que mover a imagem, a initrd e .map para dentro do /boot/ , você pode faze-lo assim:
%%cp -rfv kernel-mosix1 mosix1.img System.map-2.6.20.4 /boot/%%
Deletions:
Agora vamos instalar o killproc, descompacte o killproc e entre no novo diretório gerado. Como essa dependência é um source, necessita de ser compilado, logo você precisará de dependências básicas como gcc e make, se de problema na hora de compilar, leia o erro e instale a depêndencia que está faltando.


Revision [302]

Edited on 2008-10-23 16:29:54 by LeoMarques
Additions:
===Instalar as dependências===
Entre no diretório que foi descompactado no anterior, cluster_packX.
Nesse passo temos duas coisas a fazer, instalar o killproc e daemon. Coisa de 0,5 minuto.

Vamos começar com o daemon:
%% rpm -ivh daemon-0.6.3-1.i386.rpm %%

Agora vamos instalar o killproc, descompacte o killproc e entre no novo diretório gerado. Como essa dependência é um source, necessita de ser compilado, logo você precisará de dependências básicas como gcc e make, se de problema na hora de compilar, leia o erro e instale a depêndencia que está faltando.
Dentro do diretório do killproc, execute:
%% make && make install %%

===Copiar imagem do kernel e os módulos para os devidos lugares===


Revision [301]

Edited on 2008-10-23 16:20:08 by LeoMarques
Additions:
Salve o arquivo em um diretório que esteja no disco local, de preferência, um bom lugar é o /tmp . Descompacte esse arquivo.
Deletions:
Salve o arquivo em um diretório que esteja no disco local, de preferência, um bom lugar é o /tmp
Descompacte esse arquivo:
%% tar -xvf cluster_packX.tar %%


Revision [300]

Edited on 2008-10-23 16:19:31 by LeoMarques
Additions:
Todos os comandos desse tutorial devem ser executados como root.
Para seguir esse tutorial, um mínimo de conhecimento do *nix userland é necessário. Não vou me deter a detalhes.


Revision [299]

Edited on 2008-10-23 16:18:09 by LeoMarques
Additions:
Pegue o cluster_packX.tar mais novo em http://ivete.fis.unb.br/mosix/ .
Salve o arquivo em um diretório que esteja no disco local, de preferência, um bom lugar é o /tmp
Descompacte esse arquivo:
%% tar -xvf cluster_packX.tar %%


Revision [298]

Edited on 2008-10-23 16:12:01 by LeoMarques
Additions:
1) Referências


Revision [297]

Edited on 2008-10-23 16:06:44 by LeoMarques
Additions:
Todos os arquivos de instalação dos nós estão em [[mosix/ http://ivete.fis.unb.br/mosix/]]
Deletions:
Todos os arquivos de instalação dos nós estão em [[/mosix/ http://ivete.fis.unb.br/mosix/]]


Revision [296]

Edited on 2008-10-23 16:06:26 by LeoMarques
Additions:
Todos os arquivos de instalação dos nós estão em [[/mosix/ http://ivete.fis.unb.br/mosix/]]
Deletions:
Todos os arquivos de instalação dos nós estão em http://ivete.fis.unb.br/mosix/


Revision [295]

Edited on 2008-10-23 16:05:43 by LeoMarques
Additions:
1) Introdução / Observações
===Introdução / Observações===
Esse documento foi escrito baseado nas necessidades do primeiro pack, cluster_pack1.tar, logo com versões mais novas do pack, talvez seja necessário alterar coisas aqui.
A distribuição que usamos para montagem do primeiro cluster foi o mandriva 2008.1
Todos os arquivos de instalação dos nós estão em http://ivete.fis.unb.br/mosix/
===Baixar os arquivos (imagem do kernel, módulos, fontes do mosix e dependências).===
Deletions:
1) Introdução
2) ===Introdução===
=== 2) ===


Revision [294]

Edited on 2008-10-23 16:01:11 by LeoMarques
Additions:
2) ===Introdução===
=== 2) ===
Deletions:
=== 2) Introdução===
2)


Revision [293]

Edited on 2008-10-23 15:59:46 by LeoMarques
Additions:
=== 2) Introdução===
2)
Deletions:
===2) Introdução===


Revision [292]

Edited on 2008-10-23 15:59:21 by LeoMarques
Additions:
===2) Introdução===


Revision [291]

Edited on 2008-10-23 15:58:45 by LeoMarques
Additions:
1) Introdução


Revision [290]

Edited on 2008-10-23 15:56:11 by LeoMarques

No Differences

Revision [289]

Edited on 2008-10-23 15:56:04 by LeoMarques
Additions:
====Índice====


Revision [288]

Edited on 2008-10-23 15:53:44 by LeoMarques
Additions:
1) Baixar os arquivos (imagem do kernel, módulos, fontes do mosix e dependências).
1) Instalar as dependências.
1) Copiar imagem do kernel e os módulos para os devidos lugares.
1) Configurar o boot.
1) Instalar o mosix.
1) Configurar o mosix.


Revision [287]

The oldest known version of this page was created on 2008-10-23 15:49:22 by LeoMarques
Valid XHTML :: Valid CSS: :: Powered by WikkaWiki